Última hora

Última hora

França tem "igreja do râguebi"

Em leitura:

França tem "igreja do râguebi"

Tamanho do texto Aa Aa

No sudoeste de França, o râguebi é quase uma religião. Numa aldeia perto de Bordéus, os habitantes levaram essa frase à letra quando chegou a hora de decorar a igreja. Aqui, nos vitrais, até Jesus segura uma bola oval.

Já no que toca aos prognósticos para final do Campeonato do Mundo entre a França e a Nova Zelândia, no domingo, o padre Gilbert Lavigne sabe que Deus não tem nacionalidade: “Com certeza que sou francês e tenho um lado chauvinista, não posso esconder. Mas quero que ganhe o melhor, num espírito de amizade e respeito mútuo”.

Entre os fiéis da igreja está o antigo capitão da seleção nacional francesa Benoît Dauga, que acredita ter a receita para uma vitória francesa: “Se nos primeiros 20 minutos a França conseguir fazer pressão, então o jogo pode ficar equilibrado. A forma como o jogo começa é crucial”

A igreja, chamada de “Nossa Senhora do Râguebi”, foi criada em homenagem a três jogadores locais que morreram num acidente nos anos 60. As maiores estrelas mundiais têm doado camisolas e outros objetos para a decoração.