Última hora

Última hora

Tunisinos no estrangeiro são os primeiros a votar

Em leitura:

Tunisinos no estrangeiro são os primeiros a votar

Tamanho do texto Aa Aa

São as primeiras eleições depois da revolução na Tunísia e os primeiros a votar são os tunisinos que vivem no estrangeiro. Domingo é o dia D mas esta sexta-feira e sábado, os cerca de 900 mil eleitores que vivem fora do país são já chamados a eleger 18 dos 217 membros da futura assembleia constituinte.

É o caso deste homem que se diz orgulhoso de ser tunisino e de votar pela primeira vez na vida. Por isso, espera que “o país avance para a democracia”.

Trata-se da primeira eleição desencadeada pela Primavera Árabe. Um movimento que nasceu com a revolução tunisina há nove meses e que acabou com os 23 anos de poder de Ben Ali.

As sondagens apontam como favorito o partido islâmico Ennahda. Mas o seu líder, Rached Ghannouchi, alertou contra qualquer tentativa de o afastar do futuro governo através de eventuais jogos de alianças. As formações de centro-esquerda reagiram de imediato, renovando a confiança na comissão eleitoral. O grupo de observadores da União Europeia promete estar atento ao escrutínio.