Última hora

Última hora

Presidente norte-americano promete retirada total do Iraque até ao final do ano

Em leitura:

Presidente norte-americano promete retirada total do Iraque até ao final do ano

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama afirma que os quarenta mil homens que ainda se encontram no Iraque irão regressar a casa até ao final do ano terminando assim a especulação sobre uma possível presença militar no país após a retirada.

O anúncio teve lugar após uma vídeoconferência com o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, que rejeitou a continuação da presença norte-americana no Iraque.

“O último soldado norte-americano atravessará a fronteira do Iraque de cabeça levantada, orgulhoso do sucesso alcançado e sabendo que o povo americano está unido no apoio às nossas forças”, disse Barack Obama.

A notícia surge após mais de oito anos e meio de presença norte-americana no país, uma presença que em 2007 atingiu 190 mil homens.

Entre os soldados o anúncio foi recebido com agrado.

“Acho muito bem, sinceramente. Foi uma guerra longa e difícil. Estamos orgulhosos do que fizémos e alcançámos e é óptimo ver os meus colegas a regressarem a casa” adiantou um soldado da base Pendleton na Califórnia.

No entanto, há quem discorde e defenda que a saída do Iraque vai desestabilizar a região.

Estima-se que a guerra tenha casuado a morte a cerca de 4,500 soldados norte-americanos e custado mais de 700 mil milhões de dólares apenas em despesas militares.