Última hora

Última hora

Decisões concretas adiadas para quarta-feira

Em leitura:

Decisões concretas adiadas para quarta-feira

Tamanho do texto Aa Aa

A espera foi longa para ouvir os responsáveis europeus dizer que é preciso esperar até quarta-feira para ter decisões concretas. Até lá os trabalhos não vão parar. Depois da Cimeira do Conselho Europeu, reuniu-se o Eurogrupo, que volta a encontrar-se então dentro de 3 dias. Para já o presidente do Conselho confirmou que podem ser feitas alterações aos tratados para a reforçar a disciplina orçamental.

Herman van Rompuy disse ainda que “o consenso é fundamental entre os países que partilham o euro, já que uma das origens da crise foi o facto de as economias se terem esquecido que estavam interligadas”.

Ao mesmo tempo que decorria esta conferência de imprensa falavam também Angela Merkel e Sarkozy. Os dois apenas revelaram que já há acordo sobre a recapitalização dos bancos mas sem divulgar pormenores. Questionados sobre o caso italiano garantiram que, mais que medidas momentâneas, “são necessárias medidas a longo prazo. E Itália, apesar de ser uma potência económica, tem uma dívida externa muito alta que tem que ser reduzida de forma credível nos próximos anos”.