Última hora

Última hora

Maratona em Bruxelas para salvar o euro

Em leitura:

Maratona em Bruxelas para salvar o euro

Tamanho do texto Aa Aa

Mais do que nunca, a união deve fazer a força. Os líderes europeus encontram-se, este domingo, em duas reuniões capitais para ultrapassar as divergências e salvar o euro.

Os debates são dominados pelo reforço da capacidade do fundo de resgate europeu, recapitalização dos bancos e redução da dívida grega. Medidas fundamentais para evitar o contágio da crise da dívida a outros países.

À chegada, o primeiro-ministro grego, Georges Papandreou, declarou que “está provado que a crise não é apenas grega, mas europeia”, sublinhando que “é altura dos europeus agirem de forma decisiva”.

Depois de vários encontros preparatórios, a maratona negocial foi retomada, esta manhã, em Bruxelas, com a cimeira dos chefes de Estado e de Governo dos 27 e continua à tarde com a reunião dos dirigentes da Zona Euro. Mas não são esperadas decisões para hoje.

É o que explica o correspondente da euronews em Bruxelas, destacando os “progressos” conquistados na sexta e no sábado. “Mas hoje não haverá uma solução política” já que a cimeira será rematada por uma nova reunião na quarta-feira”.