Última hora

Última hora

Bulgária: conservadores e socialistas discutem segunda volta das presidenciais

Em leitura:

Bulgária: conservadores e socialistas discutem segunda volta das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

O candidato do partido conservador, no poder na Bulgária, venceu a primeira volta das presidenciais com cerca de 40 por cento dos votos. Rossen Plevneliev surge a dez pontos de distância do segundo mais votado: o socialista Ivaylo Kalfin.

Pelo menos é o que revela a Comissão Eleitoral quando está contada a maioria dos votos.

Face à ausência de uma maioria absoluta, os dois candidatos vão medir forças no próximo domingo, na segunda volta das presidenciais.

Cerca de sete milhões de eleitores foram, ontem, chamados às urnas para eleger o novo chefe de Estado.

As eleições presidenciais – as primeiras desde a entrada do país na União Europeia em 2007 – e que coincidiram com as municipais estão a ser vistas, sobretudo, como um teste à popularidade do executivo búlgaro.