Última hora

Última hora

Reino Unido: Parlamento decide sobre referendo

Em leitura:

Reino Unido: Parlamento decide sobre referendo

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento britânico pronunciar-se-á ainda hoje sobre a organização de um referendo à permanência

do Reino Unido na UE, um assunto que divide profundamente o Partido Conservador.

Vários deputados conservadores ameaçaram votar a favor, apesar da oposição do primeiro-ministro, David Cameron.

“Este momento de crise económica, não é a altura certa para avançar com legislação que inclua um referendo “Permanecer/Sair”. Quando a casa do vizinho está a arder, o primeiro impulso deverá ser ajudá-lo a apagar o fogo para que este não chegue à nossa casa. Esta não é a altura ideal”, defendeu o Primeiro-Ministro britânico.

A decisão de submeter a proposta a votação foi tomada por uma comissão interparlamentar na sequência de uma petição assinada por 100.000 pessoas a pedir a realização do referendo.

David Cameron já evocou a possibilidade de sanções contra os deputados que não sigam a orientação oficial do Partido Conservador.

“Vou votar pela moção que é muito clara. Estabelece a escolha que o país deve fazer: Continuamos na União Europeia? Saímos da União Europeia? Ou optamos por uma relação diferente com os nossos parceiros da União Europeia?

Não consigo entender porque é que o Governo não defende este princípio”, contestou o deputado conservador Bernard Jenkin.

Apesar de o resultado desta votação não ser vinculativo, analistas consideram que um voto favorável do Parlamento colocaria Cameron numa posição delicada numa altura em que tem de gerir tensões com os parceiros europeus, nomeadamente a França, no contexto da crise da zona euro.