Última hora

Última hora

Tunísia: Vitória esperada do Ennahda

Em leitura:

Tunísia: Vitória esperada do Ennahda

Tamanho do texto Aa Aa

Nove meses após a rebelião popular que ditou a queda do regime do ex-presidente Zine El Abidine Ben Ali, cerca de 90 por cento dos mais de sete milhões de eleitores tunisinos inscritos nos cadernos eleitorais votaram no domingo para a eleição da Assembleia Constituinte.

Segundo as estimativas, o partido islâmico Ennahda será o vencedor do escrutínio.

“O que queremos, é alguém que trabalhe bem para o país e que cuide do povo. É tudo o que queremos, seja o Ennahda ou outro partido”, disse o dono de um café.

“ Claro que temos de estar atentos a todos os partidos e não só ao Ennahda. Para ver se fazem o que dizem, e se a natureza das coligações que irão ser feitas na assembleia seguirão uma política de acordo com os direitos do homem”, sublinhou Amna Guellali, representante da organização Human Rights Watch.

Os resultados definitivos das eleições devem ser anunciados esta terça-feira com a esperada vitória do partido dirigido por Rachid Ghannouchi, um islamita que se diz moderado e muito próximo da linha do presidente turco Tayyp Erdogan.