Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

Última hora
  • Secretário da Defesa norte-americano demite-se: Obama aceita renúncia de Chuck Hagel

As inundações poderão afetar várias zonas de Banguecoque durante um mês.

O alerta é dado pela primeira-ministra tailandesa, numa altura em que se multiplicam os apelos para que a população das zonas baixas abandone a cidade.

As autoridades decretaram cinco dias de feriado para facilitar a saída dos habitantes.

Sete distritos estão em alerta máximo, um número que pode vir a aumentar com regresso da chuva.

As Forças Armadas reforçaram os diques ao longo do rio que atravessa Banguecoque. As comportas dos canais foram abertas. Drenar a água para o mar, o quanto antes, é a grande prioridade.

Para já ainda é cedo para medir os resultados, mas segundo um capitão da Marinha Real da Tailândia as medidas estão a ser uma boa ajuda.

O governo admite que na capital, a água possa atingir no máximo um metro e meio de altura.

Um limite, ainda assim, inferior quando comparado com dezenas de províncias do país.

As piores inundações dos últimos 50 anos deixaram um terço do território alagado e já provocaram cerca de 400 mortos.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre