Última hora

Última hora

Justiça egípcia condena dois polícias acusados de espancamento

Em leitura:

Justiça egípcia condena dois polícias acusados de espancamento

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça egípcia condenou a sete anos de prisão dois polícias acusados de espancar de forma “cruel” um ativista, cuja morte ajudou a incendiar a revolta contra o presidente Hosni Mubarak.

A vítima, um jovem de 28 anos, tinha publicado na Internet um vídeo que mostrava dois polícias a partilhar os dividendos de uma apreensão de droga.

Khaled Said morreu em junho do ano passado, quando foi arrastado à força de um cibercafé.