Última hora

Última hora

Acordo em Bruxelas para reduzir dívida grega

Em leitura:

Acordo em Bruxelas para reduzir dívida grega

Tamanho do texto Aa Aa

Os países da Zona Euro e os bancos credores da Grécia obtiveram um acordo para eliminar metade da dívida helénica.

O levantamento do último obstáculo ao vasto plano de resposta à crise da dívida soberana foi oficialmente confirmado pelo presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy.

A dificuldade em obter um compromisso obrigou a prolongar a cimeira de Bruxelas até altas horas da noite.

A dívida grega será aliviada em 100 mil milhões de euros.

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou no entanto que uma delegação será destacada de forma permanente na Grécia para vigiar a aplicação das reformas exigidas pelos parceiros europeus.

Os países da moeda única anunciaram também a intenção de elevar o fundo europeu de resgate para um bilião de euros.

A respeito da Itália, os líderes europeus parecem ter ficado satisfeitos com as garantias de reforma apresentadas por Silvio Berlusconi, mas querem agora a aplicação das medidas prometidas por Roma.