Última hora

Última hora

Banca europeia obrigada a aumentar capital

Em leitura:

Banca europeia obrigada a aumentar capital

Tamanho do texto Aa Aa

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia chegaram a um acordo para recapitalizar a banca. O anúncio foi feito no final da primeira reunião da noite, dos 27.

As instituições bancárias vão ter de reforçar capitais para ficarem com o principal rácio nos 9% até Junho de 2012.

À saída da reunião, o primeiro-ministro britânico David Cameron lembrou que foram feitos progressos e que este acordo é importante para todos, mesmo para os britânicos que não estão na moeda única.

Para Portugal, esse rácio vai ter que ser alcançado já este ano e em 2012, os bancos têm que chegar aos 10%: recorde-se que esta medida foi uma das imposições da troika.

O ministro das finanças polaco, Jan Vincent-Rostowski, lembrou que esta recapitalização é temporária, para ser feita uma única vez. E acredita que esta medida não se vai repetir no futuro.

Para já não há certezas sobre o valor das necessidades de reforço de capital dos bancos, fala-se 110 mil milhões de euros.

Mas a decisão final só será anunciada pelo regulador da europeu do setor bancário, uma vez que ainda está dependente da redução da dívida grega, que continua a ser negociada com os credores privados de Atenas.

O jornalista Paul Hackett, da Euronews lembra que restaurar a confiança no sector bancário europeu foi visto como uma das chaves para resolver esta crise. Ainda que já se tenha chegado a acordo sobre a recapitalização, não sabem todos os pormenores. As grandes questões podem surgir nas entrelinhas deste acordo.