Última hora

Última hora

Emoção no adeus a Simoncelli

Em leitura:

Emoção no adeus a Simoncelli

Tamanho do texto Aa Aa

Foi sob uma chuva de aplausos que o corpo de Marco Simoncelli chegou à igreja de Santa Maria Assunta, na vila de Coriano, em Itália.

Cerca de 60.000 pessoas fizeram questão em assistir ao funeral do piloto, que morreu aos 24 anos, no grande prémio da Malásia em Moto GP. Muitos assistiram no autódromo vizinho de Misano, onde foram instalados ecrãs gigantes, e fizeram questão de ir de moto.

Neste último adeus, estiveram presentes muitos dos colegas, incluindo o sete vezes campeão Valentino Rossi, que ficou sentado ao lado dos pais de Simoncelli. Rossi, que era um grande amigo do piloto da Honda, esteve envolvido no acidente fatal. Desmentiu, no entanto, os rumores segundo os quais iria retirar-se da competição depois desta tragédia.

Depois do velório no teatro da vila, houve uma missa de corpo presente presidida pelo bispo de Rimini. O corpo foi depois cremado.

Omnipresente na cerimónia esteve o número 58, que “Super Sic” usou, tanto na MotoGP, como na Moto2, categoria em que foi campeão em 2008.