Última hora

Última hora

Caucasiano russo condenado a vinte anos de prisão

Em leitura:

Caucasiano russo condenado a vinte anos de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça russa condenou a vinte anos de prisão um homem originário do caucaso pela morte de um adepto de futebol em finais de 2010.

Aslan Tcherkessov, um muçulmano de 27 anos, da cidade de Naltchik, no Cáucaso russo, será transferido para uma estabelecimento de alta segurança.

A vítima, Egor Sviridov, adepto do clube de futebol Spartak de Moscovo, sucumbiu a ferimentos provocados durante uma rixa.

A morte de Egor Sviridov, a 6 de Dezembro de 2010, provocou manifestações e desacatos de carácter nacionalista na Praça da Manege, a poucos metros do Kremlin de Moscovo.

Milhares de manifestantes exigiram a expulsão dos caucasianos da capital russa.

Sete outros suspeitos tinham sido já condenados por outro tribunal com penas de cinco a sete anos de trabalhos de campo.