Última hora

Última hora

Líbia: "Hoje termina um capítulo bem sucedido da história da NATO"

Em leitura:

Líbia: "Hoje termina um capítulo bem sucedido da história da NATO"

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário-geral da NATO, o dinamarquês Anders Fogh Rasmussen, realizou esta segunda-feira uma visita-surpresa a Tripoli. Hoje termina oficialmente o mandato da ONU que permitiu a Operação Protetor Unificado e contribuiu para o derrube do regime de Muammar Kadhafi.

“À meia-noite de hoje termina um capítulo bem sucedido da história da NATO. Mas vocês também já começaram a escrever um novo capítulo da história da Líbia: uma nova Líbia assente na liberdade, na democracia, nos direitos humanos, no estado de direito e na reconciliação. Sabemos que não será fácil, conhecemos os desafios e se nos pedirem ajuda em áreas em que possamos ajudar, nós vamos fazê-lo” – afirmou o secretário-geral da Aliança Atlântica.

Na reunião que manteve com o presidente do Conselho Nacional de Transição, Rasmussen disse que a NATO poderia, por exemplo, ajudar na reforma do setor da defesa e da segurança, embora sem tropas ocidentais no terreno.

Líbia: Tráfego aéreo retoma lentamente

As operações no aeroporto internacional de Tripoli permanecem reduzidas ao mínimo, no dia em que termina o mandato da Aliança Atlântica para assegurar uma zona de exclusão aérea.

Os únicos voos que têm descolado da capital líbia têm como destino Meca, na Arábia Saudita, onde os fiéis muçulmanos vão participar na tradicional peregrinação do Hajj.

O responsável pela segurança do aeroporto, Ali Kuba, explica que “até agora realizaram-se 42 voos, mas trata-se de voos excecionais. Os voos regulares de passageiros deverão começar apenas no início de novembro.”

A missão da NATO começou a 31 de março, depois do Conselho de Segurança da ONU votar duas resoluções. O mandato termina esta segunda-feira. A Aliança Atlântica levou a cabo 9.600 missões de combate.