Última hora

Em leitura:

Referendo grego provoca "míni crash" nas bolsas

mundo

Referendo grego provoca "míni crash" nas bolsas

Publicidade

As principais praças europeias abriram o primeiro dia de novembro a negociar em baixa. As perdas vão dos 1,7 por cento em Londres aos 3,4 em Frankfurt. O PSI 20 abriu a cair mais de dois por cento e a banca a liderar as perdas.

Esta é a reação dos investidores depois do anúncio de que a Grécia iria referendar o novo pacote de ajuda acordado em Bruxelas, durante a cimeira europeia, na semana passada.

Os bancos franceses, mais expostos à dívida grega, estão com fortes perdas.

A Societé Géneral abriu o dia a cair 11,92 por cento com os títulos a serem negociados abaixo dos 19 euros. O BNP Paribas seguia em terreno negativo, com perdas acima dos 10 por cento.

Há pontos de vista diferentes para cada estória: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte