Última hora

Última hora

Ucrânia: Veteranos de Chernobil protestam

Em leitura:

Ucrânia: Veteranos de Chernobil protestam

Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia, cerca de mil veteranos de Chernobil, que participaram nos trabalhos de limpeza após a explosão nuclear de 1986, tentaram invadir o parlamento para protestar contra a supressão de apoios médicos e sociais.

Os manifestantes derrubaram uma barreira metálica, mas foram travados por destacamentos reforçados da polícia junto ao edifício da Rada Suprema.

“Não há dinheiro para medicamentos. Já tive dois ataques cardíacos e agora estou aqui. Não se pode respirar. Estou aqui porque não tenho dinheiro para comprar medicamentos. O dinheiro não chega. Levaram os meus últimos cêntimos. Tenho mulher e dois filhos.

O que vai fazer agora?

Que se há de fazer? Deitar o parlamento abaixo e enforcar os deputados um a um”, disse um dos manifestantes.

Os veteranos de Chernobil, ou «liquidadores» como ficaram conhecidos os primeiros homens a entrar no perímetro da central após o acidente, exigiram que os deputados viessem à rua ouvir as reivindicações.

Os manifestantes protestavam contra um projeto-lei que está a ser discutido e que prevê a redução do apoio financeiro e médico aos homens que evitaram uma catástrofe de dimensões globais à custa da sua saúde.