Última hora

Última hora

Sarkozy e Obama unidos contra a crise

Em leitura:

Sarkozy e Obama unidos contra a crise

Tamanho do texto Aa Aa

Uma imagem de união internacional face à crise europeia. Nicolas Sarkozy e Barack Obama abriram o desfile dos dirigentes do G20 que hoje se reúnem na cidade francesa de Cannes.

Esta manhã, Obama sublinhou que a prioridade é resolver a crise financeira na zona euro. Já Sarkozy destacou a aproximação de posições com os Estados Unidos.

“Quero homenagear a compreensão do presidente Obama, incluindo em questões como um imposto sobre as atividades financeiras. Penso ter encontrado uma análise comum para que o mundo financeiro contribua para a resolução da crise de hoje”, declarou o presidente francês.

O enviado especial da euronews em Cannes descreve: “Obama chegou com um sorriso e o pedido para que a Europa e a Grécia devem façam o trabalho de casa já que o impacto das crises está cada vez mais a atingir a economia dos Estados Unidos. Mas Obama não tem muito para oferecer. Tem enormes problemas em casa e um Congresso que é tudo menos unido numa altura em que a campanha para as eleições está prestes a começar. No entanto, europeus e americanos têm mesmo de encontrar soluções senão a crise da dívida vai transformar-se cada vez mais numa crise económica global”.

artigos relacionados:

Resistência da Zona Euro à crise depende de maior credibilidade dos governos

Referendo en Grecia: la calle o la UE

Cimeira para salvar o euro