Última hora

Última hora

Pode ser o dia das grandes decisões, na Grécia.

Em leitura:

Pode ser o dia das grandes decisões, na Grécia.

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento grego vai votar mais um plano de resgate da dívida, proposto pelo Primeiro-Ministro, George Papandreou e já aprovado por Bruxelas.

Se a oposição o chumbar, como tudo indica, Papandreou avança para um referendo, pondo em questão a própria continuação na zona euro.

Par o evitar, o Primeiro-Ministro apelou ao consenso político, tentando assim que o seu programa tenha um apoio mais amplo.

A oposição conservadora está mais voltada para uma terceira possibilidade: a demissão imediata do Primeiro-Ministro, a formação de um governo provisório e a convocação de eleições antecipadas, dentro de seis semanas.

Papandreou considera esta última hipótese como uma catástrofe que implicará o abandono da moeda única.

Dentro do governo, as opiniões também estáo divididas. O ministro das Finanças já rejeitou a possibilidade de um referendo. Mas está com Papandreou, no apelo à unidade.

artigos relacionados:
 
Resistência da Zona Euro à crise depende de maior credibilidade dos governos

Referendo en Grecia: la calle o la UE

Cimeira para salvar o euro
 
China ganha terreno como potência económica mundial