Última hora

Última hora

Inundações em Itália provocam morte de pelo menos sete pessos

Em leitura:

Inundações em Itália provocam morte de pelo menos sete pessos

Tamanho do texto Aa Aa

Nada detém a força das águas que inundaram a cidade portuária de Génova, no norte de Itália. Nesta altura contam-se pelo menos sete vítimas mortais, duas delas crianças.

Várias pessoas estão desaparecidas. As autoridades locais descreveram a situação como “extremamente séria”. Apelaram às pessoas para não saírem de casa e permanecerem nos locais mais elevados.

Alertas que nem sempre são ouvidos.

“É absurdo. Existe um alerta e abrem-se escolas e jardins-de-infância. Porque é que aquelas mães morreram? Porque foram buscar as crianças à escola. Estando as crianças em casa, não teríamos tido todas estas mortes”, diz Giulia Mozzino, habitante de Génova.

A região do norte de Itália tem estado a ser afetada por fortes chuvas, inundações e derrocadas.

Na região da Ligúria, de que Génova é a capital, continua a chover. As preocupações voltam-se agora para as zonas da província de La Spezia.

Já na semana passada, o Governo tinha decretado o estado de emergência na Ligúria e na vizinha Toscânia. As autoridades não têm descanso para responder aos pedidos constantes de ajuda.

Autoestradas, centenas de lojas e serviços foram encerrados e os bombeiros estão a evacuar locais de risco.

As chuvas torrenciais fizeram transbordar vários rios que transformaram as ruas do centro de Génova num atoleiro.