Última hora

Última hora

Itália: Oposição exige saída de Berlusconi

Em leitura:

Itália: Oposição exige saída de Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Unidos contra o primeiro-ministro italiano, dezenas de milhares de manifestantes responderam à chamada do Partido Democrata, concentrando-se na praça principal de San Giovanni, em Roma.

Junto a um pódio com as três cores da bandeira nacional muitos empunhavam cartazes exigindo a saída de Silvio Berlusconi.

Já em clima de pré-campanha, o líder do principal partido da oposição, Pier Luigi Bersani, mostrou-se preparado para eleições antecipadas: “Berlusconi deve ir para casa. Ou vai pelo próprio pé ou mandamo-lo nós no parlamento ou através de eleições. Mas deve ir para casa.”

Pier Luigi Bersani disse que “o país se encontra no lado mais exposto à crise, devido à política de um Governo incapaz e desprezível”. Uma mensagem fielmente reproduzida pela assistência.

As ativistas do grupo feminista “Femen” aliaram-se ao protesto da oposição contra o primeiro-ministro italiano.

Berlusconi, que recusa demitir-se, anunciou que pretende pedir o voto de confiança do Senado.

Mas, ao que tudo indica deixou de ter a maioria. De acordo com a imprensa italiana, o líder do executivo pediu 72 horas para comprovar se tem os “números” necessário. Caso contrário, usará esse tempo para encontrar novos aliados.