Última hora

Última hora

Presidente colombiano exorta FARC a desmobilizar

Em leitura:

Presidente colombiano exorta FARC a desmobilizar

Tamanho do texto Aa Aa

A guerrilha colombiana sobre um dos mais duros golpes da sua história.

O Exército e a Polícia da Colômbia mataram Guillermo León Sáenz, conhecido como ‘Alfonso Cano’ e líder das Farc, numa operação que o Governo qualificou como o maior golpe contra a guerrilha em 50 anos

O presidente colonbiano Juan Manuel dos Santos deu uma conferencia de imprensa para apelar exortar as guerrilha a desmobilizar.

‘Alfonso Cano’, um intelectual proveniente de uma família de classe média de Bogotá, entrou para as fileiras das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) há 30 anos e perdeu a vida quando fugia de um bombardeamento numa zona rural do departamento de Cauca, no sudoeste do país.

O chefe guerrilheiro assumiu o comando das Farc em 2008 após a morte do dirigente histórico e fundador da guerrilha, Manuel Marulanda.