Última hora

Última hora

Carlos, o Chacal começou a ser julgado em Paris

Em leitura:

Carlos, o Chacal começou a ser julgado em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Teve início esta manhã em Paris o julgamento do terrorista de origem venezuelana Carlos, o Chacal.

De seu verdadeiro nome Ilich Ramirez Sanchez, o terrorista é julgado por quatro atentados que mataram 11 pessoas e feriram cerca de 150, em França, nos anos 80.

A audiência começou com o interrogatório sobre a identidade do acusado ao qual Carlos, o Chacal, de 62 anos, respondeu ser “revolucionário de profissão”.

Philippe Rouvault é uma das vítimas de um atentado alegadamente perpetrado pelo terrorista e diz que está “à espera há 30 anos. Sou uma das vítimas da rue Marboeuf a 22 de Abril de 1982 e para todas as vítimas é um dia muito importante. Esperamos que ele fale e explique certas coisas e que tenha um gesto de simpatia em relação a nós.”

Numa entrevista publicada por um jornal venezuelano, Carlos reivindica mais de 100 ataques que terão feito entre 1500 e 2000 mortes, mas afirma não ser o autor dos atentados em França.

Carlos, o Chacal foi detido no Sudão em 1994 e foi condenado a prisão perpétua em França pela morte de três homens em 1975 em Paris.

A sentença deverá ser pronunciada a 16 de dezembro.