Última hora

Última hora

Médico de Jackson considerado culpado pelo tribunal

Em leitura:

Médico de Jackson considerado culpado pelo tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

O médico de Michael Jackson, Conrad Murray, foi considerado culpado de homicídio involuntário pelo tribunal de Los Angeles.

O tribunal considerou Murray responsável pela morte do cantor ao administrar-lhe uma dose fatal de Propofol, um poderoso anestésico. O medicamento foi dado a Jackson para o ajudar a dormir, numa altura em que preparava uma tournée mundial.

A decisão deita por terra os argumentos da defesa do médico, segundo os quais tinha sido o próprio Jackson a administrar a dose fatal.

A decisão foi festejada pelos muitos fãs do cantor, que se juntaram à porta do tribunal. Agora, esperam pela leitura da sentença, no dia 29 de novembro.