Última hora

Última hora

Berlusconi garante demissão vai ajudar a erguer Itália

Em leitura:

Berlusconi garante demissão vai ajudar a erguer Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Numa declaração foi feita nesta terça-feira, por telefone, a um canais de televisão de que é proprietário, a Tg5, Berlusconi confirmou o que já tinha sido anunciado pelo presidente Giorgio Napolitano em comunicado.

O ainda primeiro-ministro italiano diz que “o governo já não tem a maioria, por isso teve que ter em conta a situação do país. Tudo o resto, incluindo quem lidera o governo é secundário neste momento. Trabalhar para o bem da Itália é o mais importante.”

Berlusconi só não revelou se se vai recandidatar. Nas ruas de Roma, há quem veja esta demissão está a ser encarada como um sinal de esperança.

Esperam que surjam novas ideias para resolver a crise em que está mergulhado o país, caso contrário garantem que voltam para as ruas em protesto.

Mas há também quem não acredite que o problema de Itália seja o primeiro-ministro. Este italiano, por exemplo, diz mesmo que o país acordou no meio de um pesadelo, em que de repente está logo atrás da Grécia.”

Ainda que as dúvidas sejam muitas quanto ao futuro da terceira maior economia da Zona Euro, houve mesmo vários festejos depois do anúncio da demissão de Silvio Berlusconi.