Última hora

Última hora

Irão mantém programa nuclear

Em leitura:

Irão mantém programa nuclear

Tamanho do texto Aa Aa

O regime de Teerão reagiu assim ao relatório publicado esta terça-feira pela Agência Internacional de Energia Atómica.

O Presidente Mahmoud Ahmadinejad afirma que o mundo está a ser enganado por acusações segundo as quais o seu país procuraria obter armas atómicas.

““Eles acusam o nosso país de terrorismo e de costruirmos bombas atómicas. O Irão é uma nação inteligente e não vamos fazer duas bombas contra as vossas 20 mil”, disse Ahmadinejad perante uma multidão reunida em Teerão.

Segundo o relatório da agência da ONU, as actividades nucleares do Irão incluem aplicações civis e militares, enquanto outras são específicas às armas nucleares.

Vários países reagiram: os Estados Unidos dizem que ainda estão a estudar as conclusões do documento; o Reino Unido defende a imposição de sanções financeiras e energéticas, enquanto a China e a Rússia rejeitam sanções defendendo mais cooperação a nível diplomático.

O relatório aponta três áreas de atividades potencialmente para fins militares: o programa de militarização; o enriquecimento de urânio e a intensificação dos testes de mísseis balísticos.

Antes, os Estados Unidos e os seus aliados, entre os quais se conta Israel, alertaram para as potenciais consequências de uma corrida ao armamento na região.

Nos últimos dias, Israel anunciou que não está excluída a possibilidade de uma ofensiva militar.