Última hora

Última hora

O desespero dos gregos

Em leitura:

O desespero dos gregos

Tamanho do texto Aa Aa

Os gregos estão a ficar desesperados com o impasse na resolução da crise política. Na segunda-feira foi-lhes prometido um governo de união nacional; três dias depois têm um governo interino e sem solução à vista:

“Nunca mais descobrimos o nome do primeiro-ministro… os políticos estão a gozar com o povo”, afirma um cidadão de Atenas.

Uma jovem diz: “Se pensarmos um pouco, aquilo que esperamos não é apenas um nome…esperamos muito mais. O nome é o mínimo. Temos problemas tão graves, que não é apenas uma questão de nome…”

“Penso que o sistema político e sobretudo os dois principais partidos e a forma como têm atuado nos últimos dias, mostram o ponto a que chegou este país”, lamenta outro cidadão.