Última hora

Última hora

Papademos defende continuação da Grécia na Zona Euro

Em leitura:

Papademos defende continuação da Grécia na Zona Euro

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro indigitado da Grécia, Lucas Papademos, defende a presença do país na Zona Euro mas avisa que o caminho vai ser difícil.

O novo executivo deve tomar posse esta sexta-feira à tarde. Mas ainda decorrem negociações para a composição do governo, que tem como missão colocar em prática o segundo plano de resgate acordado em Bruxelas em outubro.

Lucas Papademos adverte que “o caminho não vai ser fácil” mas que está “convencido que os problemas vão ser resolvidos”. Além disso, fala na participação do país na zona euro como “uma garantia da estabilidade monetária”.

Papademos não confirmou a data das eleições antecipadas. O ministério das Finanças do executivo cessante tinha avançado com o dia 19 de fevereiro.

Entra Papademos. Sai Papandreou. Para trás fica a ameaça de um referendo que teve ondas de choque em toda a zona euro e dois anos de austeridade que derrubaram um governo. O aperto do cinto vai continuar em troca de mais 130 mil milhões de euros e do perdão de cerca de metade da dívida externa grega.