Última hora

Em leitura:

Nomeação republicana poderá ser discutida entre Cain e Romney


EUA

Nomeação republicana poderá ser discutida entre Cain e Romney

São os trunfos republicanos na corrida às presidenciais norte-americanas em 2012. Os oito candidatos mostraram num debate televisivo, na Carolina do Sul, o que pensam sobre política externa e a segurança nacional.

Mitt Romney diz que uma das prioridades é por fim aos jogos de Teerão:

“Uma coisa é certa, se Barack Obama foi reeleito, o Irão vai ter uma arma nuclear. Se eu for eleito isso não vai acontecer” afirma.

Michelle Bachmann, a única mulher candidata pela nomeação republicana defende a simulação de afogamento durante os interrogatórios. Um método qualificado como tortura pela administração de Barack Obama e, entretanto, proibido.

“Se eu fosse eleita presidente estaria disposta a usar a técnica. É eficaz e permite-nos obter muitas informações” refere Bachmann.

Uma opinião partilhada por Herman Cain:

“Eu voltaria a esse método. Não considero que seja tortura e melhora a performance do interrogatório.”

As acusações de assédio sexual contra Cain parecem não incomodar os republicanos. De acordo com as sondagens, empresário da restauração surge, juntamente, com Romney no topo da lista para a nomeação republicana.

A gafe de Rick Perry não foi esquecida. O governador do Texas parece ser uma carta fora do baralho depois de, na semana passada, ter sido traído pela memória durante um outro debate televisivo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Itália tem pressa