Última hora

Última hora

Síria quer visita de delegação da Liga Árabe antes da suspensão

Em leitura:

Síria quer visita de delegação da Liga Árabe antes da suspensão

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de apoiantes de Bashar al-Assad saíram à rua em várias cidades da Síria para apoiar o regime e condenar a decisão da Liga Árabe de suspender a participação de Damasco no organismo.

A Síria apelou a uma cimeira de urgência e mostrou-se disposta a receber uma delegação ministerial até à próxima quarta-feira, data em que entra em vigor a decisão da Liga Árabe.

O regime sírio acusa o organismo de seguir os desígnios do Ocidente. Esta manifestante pró-Assad diz que “o conselho da Liga Árabe é uma marioneta, movida por mãos ocultas”, que “não vai tirar partido da situação. São outros os que vão beneficiar”.

Segundo o ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, os chefes da diplomacia europeia encontram-se esta segunda-feira para equacionar novas sanções contra Damasco.

Guido Westerwelle explica que pensam que “é essencial que a comunidade internacional envie um sinal comum forte à Síria. A repressão e a violência contra manifestantes pacíficos não é de forma alguma aceitável e isso conduzirá a uma reação coesa e decidida da comunidade internacional”.

Arábia Saudita e Qatar condenaram os ataques contra as suas embaixadas na Síria, depois da decisão da Liga Árabe. Os assaltos contra representações turcas e francesas levaram Ancara a retirar pessoal do terreno e Paris a convocar o embaixador sírio.