Última hora

Última hora

Estúdio britânico Aardman Animations reclama apoio público

Em leitura:

Estúdio britânico Aardman Animations reclama apoio público

Tamanho do texto Aa Aa

O estúdio britânico Aardman Animations queixa-se de falta de apoios públicos. A empresa responsável por grandes sucessos como “A ovelha Choné” e “Wallace & Gromit” ameaça mesmo deixar o Reino Unido devido à crise e à supressão dos benefícios fiscais para o setor da animação televisiva.

“A televisão e a animação no Reino Unido estão em crise. Não temos planos para lançar projetos do tipo ‘Wallace & Gromit’ ou ‘A ovelha Choné’ neste momento. O que está em causa são as produções futuras. Tornou-se extremamente difícil financiar produções. Estamos a tentar arranjar financiamento para um filme chamado ‘Ploo’ sem os abatimentos fiscais e doações e tem sido muito difícil”, afirma Miles Bullough, um dos diretores da empresa.

As séries televisivas de animação recebem apoios públicos em países como a França, o Canadá e a Irlanda. No Reino Unido, os apoios concentram-se nas longas-metragens.

“Neste momento, no Reino Unido, há um bom sistema fiscal para as longas-metragens. Os filmes produzidos no país beneficiam de um abatimento fiscal de 15 a 20 por cento. Queremos que esse abatimento se aplique também aos filmes de animação para televisão”, acrescenta o mesmo responsável.