Última hora

Última hora

Ucrânia: Rejeitada emenda ao Código Penal

Em leitura:

Ucrânia: Rejeitada emenda ao Código Penal

Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia, a Rada Suprema não apoiou a emenda que excluía do Código Penal o artigo que prevê penas de prisão para “abuso do poder ou de cargo”.

A proposta tinha sido apresentada pelo Bloco de Iúlia Timochenko, que cumpre uma pena de prisão de sete anos por abuso de poder aquando da assinatura de acordos de fornecimento de gás russo em 2009.

“Reescrevemos palavra por palavra, o texto da convenção das Nações Unidas, sem alterar qualquer vírgula, travessão ou ponto, que consideramos uma diretiva. Não foi aprovado. Fomos ultrajados”, disse o líder parlamentar do partido de Timochenko.

O Partido das Regiões, do Presidente Victor Ianukovitch, chumbou assim uma emenda à lei que permitia libertar a antiga primeira-ministra.

A emenda recebeu apenas 147 votos dos 450 deputados ucranianos.

“O tempo passa e não podemos prever o que vai acontecer. Assim sendo a resposta a esta questão só pode ser dada pelos tribunais”, disse Ianukovitch de visita à Polónia.

A filha e o advogado de Timochenko, que foram impedidos de a visitar, avançaram entretanto que o estado de saúde da líder da oposição ucraniana se agravou seriamente e que ela não se pode levantar da cama.