Última hora

Última hora

Espanha: Rajoy corta em tudo menos nas pensões

Em leitura:

Espanha: Rajoy corta em tudo menos nas pensões

Tamanho do texto Aa Aa

Madrid e Barcelona foram o palco de novas manifestações de estudantes e professores contra os cortes no sistema de educação.

Na capital o protesto decorreu junto ao Ministério da Educação. Em Barcelona, os manifestantes bloquearam uma das principais vias de acesso à cidade.

Estas manifestações ocorrem a quatro dias das eleições legislativas antecipadas. Mariano Rajoy, o líder da principal formação da oposição, o Partido Popular, dado como vencedor pelas sondagens, explicou o que pensa fazer para sair da crise.

“Temos que fazer cortes em todos os setores públicos. Não temos escolha, exceto no sistema de pensões.”

Declarações daquele que deverá ser o próximo primeiro-ministro espanhol e que tenta provar que está preparado para fazer face à pressão dos mercados.

Alfredo Pérez Rubalcaba, o candidato socialista a primeiro-ministro, tenta convencer os espanhóis a não votarem no partido conservador.

O número dois do executivo de Jose Luis Rodriguez Zapatero afirmou num comício que “é preciso explicar aos espanhóis o que a direita pretende fazer antes de domingo. Se conseguirmos, tenho a certeza que vamos parar os conservadores.”

Desgastado pela crise, o PSOE terá mesmo algumas dificuldades em evitar a maioria absoluta do PP, de acordo com as sondagens.