Última hora

Última hora

Síria: Chefe da diplomacia russa fala em "guerra civil"

Em leitura:

Síria: Chefe da diplomacia russa fala em "guerra civil"

Tamanho do texto Aa Aa

A Síria está a viver uma verdadeira guerra civil. Esta é a constatação do chefe da diplomacia russa no dia seguinte a um ataque do autodenominado exército livre da síria. Serguei Lavrov apelou ao fim da violência e ao início do diálogo.

Para o ministro russo dos negócios estrangeiros, o regime de Damasco e a oposição devem cessar as hostilidades imediatamente e respeitar o plano delineado pela Liga Árabe para resolver a crise. Um plano que tem ainda de ser detalhado pela organização com sede no Cairo, sublinhou. A Liga Árabe, reunida esta quinta-feira em Marrocos, endereçou um ultimato de 72 horas ao regime de al-Assad.

Esta quarta-feira, desertores do exército sírio atacaram instalações da força aérea, em Harasta, a norte de Damasco. O edifício abrigava um serviço de informações. De acordo com a oposição, o ataque causou duas dezenas de mortos. A violência no país já fez mais de 3.500 vítimas mortais, segundo dados da ONU.