Última hora

Última hora

Blatter pede desculpa mas recusa a demissão

Em leitura:

Blatter pede desculpa mas recusa a demissão

Tamanho do texto Aa Aa

O racismo é um dos temas quentes no futebol atual e o presidente da FIFA, Joseph Blatter, veio deitar mais gasolina para a fogueira ao desvalorizar por completo a questão, sugerindo que tudo fosse resolvido com um aperto de mão no final dos noventa minutos.

Uma declaração que suscitou uma onda de protestos, com o governo inglês a e União Europeia a pedirem mesmo a sua demissão.

Blatter no entanto fez ouvidos moucos a quem exigia a sua cabeça. O homem que levou o Campeonato do Mundo pela primeira vez ao continente africano limitou-se a pedir desculpa a todos os afetados pelas suas declarações por ter usado palavras inadequadas em relação ao racismo.