Última hora

Última hora

Tunísia: partidos da coligação partilham três postos principais do governo

Em leitura:

Tunísia: partidos da coligação partilham três postos principais do governo

Tamanho do texto Aa Aa

Na Tunísia, país pioneiro da “Primavera Árabe”, já há acordo para a partilha dos postos-chave do governo.

O partido islamita Ennahda e os dois parceiros da coligação saída das eleições de 23 de Outubro concordaram em distribuir entre si os três principais cargos do Estado.

O secretário-geral do Ennahda será o novo primeiro-ministro. A escolha de Hamadi Jbeli é lógica, já que assim a formação vencedora do escrutínio guarda para si o posto de maior responsabilidade.

A presidência tunisina será confiada a Moncef Marzouki, líder da formação de esquerda nacionalista Congresso da República.

Mustapha ben Jaafar, chefe do partido Ettakattol, da esquerda laica, ocupará o cargo de presidente da Assembleia Constituinte.

Desde que venceram as eleições, conquistando 90 dos 217 assentos da assembleia, os islamitas do Ennahda têm-se esforçado por mostrar uma posição moderada e conciliadora.