Última hora

Última hora

Espanha prepara-se para a eleição legislativa deste domingo

Em leitura:

Espanha prepara-se para a eleição legislativa deste domingo

Tamanho do texto Aa Aa

Em Espanha, este sábado é dia de reflexão. A campanha eleitoral terminou ontem à noite. Este domingo os espanhóis escolhem um novo parlamento.

Todas as sondagens dão como certa a vitória do Partido Popular (PP), liderado por Mariano Rajoy.

Do lado dos socialistas, a dinâmica é de derrota antecipada e é Alfredo Perez Rubalcaba quem tenta minimizar os estragos. Para o partido, fortemente desgastado com as medidas de austeridade de Zapatero, o importante é garantir o máximo de representatividade parlamentar.

Os espanhóis não se mostram muito motivados com a eleição e, na rua, as opiniões dividem-se:

“Eu vivi com Franco, com a democracia, vivi com a UDC e, de acordo com a minha experiência, os socialistas sempre deixaram a Espanha arruinada. Vivi com eles, ninguém me contou, por isso espero que os que vêm agora, façam melhor, como já fizeram no passado”.

“Ganhe quem ganhar, não somos nós que nos governamos, estamos a ser governados de fora. Estamos a ser governados pelos bancos estrangeiros, pelos milionários, pela senhora Merkel, pelo senhor Sarkozy, por fulano, beltrano e cicrano…”

“Temos que nos lembrar que o Partido Popular tem origem na Aliança Popular de Franco. Os conservadores são apoiados pelas multinacionais e pelos bancos. E isso põe-me em pânico.

Na véspera da eleição os “Indignados” voltaram a instalar-se na Puerta del Sol para denunciar o “regresso ao passado” com a vitória prevista do PP.

Mas mais do que saber quem ganha a eleição, os espanhóis preocupam-se em tentar ganhar o tradicional “El Gordo” do Natal, um super-prémio de lotaria a sortear em dezembro.