Última hora

Última hora

Poder líbio promete julgamento justo para Saif al-Islam

Em leitura:

Poder líbio promete julgamento justo para Saif al-Islam

Tamanho do texto Aa Aa

O novo poder líbio celebra a captura de Saif al-Islam como a “coroação” da revolta popular e promete um julgamento justo.

O último filho de Muammar Kadhafi ainda em fuga foi encontrado no deserto, no sudoeste da Líbia.

Logo após a notícia da captura, multiplicaram-se os apelos do Ocidente para que Saif al-Islam seja julgado no Tribunal Penal Internacional, mas as autoridades líbias deixaram entender que poderá ser julgado na Líbia, embora se digam dispostas a colaborar com Haia.

O primeiro-ministro interino, Abdel Rahim al-Kib, frisou que “ele será tratado com um ser humano, com respeito. É assim que tem sido e que continuará a ser. Terá a oportunidade de comparecer em tribunal e terá um processo equitativo, justo e adequado”.

Várias ONGs apelaram à entrega de Saif al-Islam ao TPI, para evitar uma repetição do que acontecem a Muammar e Muatassim Kadhafi, mortos depois de terem sido capturados com vida.

A detenção de Saif al-Islam foi efusivamente celebrada, tanto em Tripoli como em Bengasi, antigo bastião da revolta no Leste do país.