Última hora

Última hora

Espanha aposta na direita para resolver a crise

Em leitura:

Espanha aposta na direita para resolver a crise

Tamanho do texto Aa Aa

Espanha foi varrida por uma onda azul. O Partido Popular obteve a maior vitória da sua história. Mariano Rajoy conseguiu, finalmente, ser eleito para chefiar um governo conservador, depois de perder duas eleições. Apesar da festa na noite de domingo, Rajoy prometeu começar a trabalhar já esta segunda-feira. O futuro primeiro-ministro quer debelar a crise que afeta o país e pesar nas capitais europeias, para que Espanha se torne parte da solução e não do problema.

“Hoje estamos aqui e podemos dizer, temos uma maioria muito importante na câmara, no congresso e no senado. Quero que saibam que a tarefa que temos por diante não vai ser fácil, mas quero que saibam que estou convencido de que com a ajuda de todos vamos andar para a frente e que Espanha vai estar onde queremos que esteja, na cabeça da Europa.”

No seu primeiro discurso, na sala de imprensa, Rajoy apelou à unidade dos espanhóis para enfrentar a crise e recordou os mais desfavorecidos. Contudo, sublinhou que não existem milagres mas prometeu trabalho, esforço e solidariedade. Valores que o próximo primeiro-ministro espanhol acredita poderem contribuir para relançar a economia e assim acabar com o drama de quase cinco milhões de desempregados.