Última hora

Última hora

Governo demite-se mas manifestantes continuam mobilizados

Em leitura:

Governo demite-se mas manifestantes continuam mobilizados

Tamanho do texto Aa Aa

Os egípcios permanecem nas ruas pela terceira noite consecutiva. Os confrontos com a polícia não demoveram os manifestantes da Praça Tahrir, no Cairo, que exigem a demissão do marechal Mohamed Hussein Tantawi, o chefe do Conselho Supremo das Forças Armadas. A repressão causou três dezenas de mortos e centenas de feridos desde sábado.

O governo provisório apresentou a demissão mas por enquanto não foi aceite. Numa declaração lida na televisão pública, o Conselho liderado pelo marechal Tantawi apelou a todas as fações políticas para iniciarem um diálogo urgente que conduza a uma solução para a crise atual.

O chefe do Conselho Supremo das Forças Armadas assumiu o governo do país a 11 de fevereiro quando Hosni Mubarak foi deposto. Tantawi serviu como ministro da Defesa durante duas décadas pelo que os manifestantes consideram que nada mudou. Caiu a cabeça do regime, mas o regime continua firme, acusam muitos manifestantes.

Os protestos e os confrontos estendem-se a outros pontos do país, como Alexandria, Qena, Ismïliya e Suez. As primeiras eleições do período pós-Mubarak deverão começar na próxima segunda-feira.