Última hora

Última hora

Militantes anti-nuclear protestam contra transporte de risco entre França e Alemanha

Em leitura:

Militantes anti-nuclear protestam contra transporte de risco entre França e Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Um protesto pacífico, composto por centenas de ativistas, antes do dia crítico. Esta quarta-feira, um comboio, com onze vagões repletos de detritos nucleares, vai fazer o percurso de Valognes, na França, onde os resíduos foram processados, até Gorleben, na Alemanha, onde serão armazenados.

Um dos militantes em Valognes afirma: “o governo francês não aprendeu a lição de Fukushima. O nuclear é perigoso, é sujo. Não é uma energia renovável. Não nos torna independentes. É lixo.”

O trajeto será efetuado através das vias férreas regulares, por onde circulam passageiros e mercadorias.

O carregamento corresponde ao combustível utilizado para abastecer de eletricidade cerca de 25 milhões de alemães durante um ano. É considerado o mais perigoso tipo de resíduo nuclear. O grupo responsável garante que os contentores, com 40 centímetros de espessura, resistem a qualquer imprevisto.