Última hora

Última hora

Oposição ucraniana diz que repressão policial denuncia "fobia" de Ianukovich

Em leitura:

Oposição ucraniana diz que repressão policial denuncia "fobia" de Ianukovich

Tamanho do texto Aa Aa

A Revolução Laranja prometeu mudar a Ucrânia. Hoje, sete anos volvidos, o aniversário da sublevação popular é novamente feito de confrontos.

A polícia instalou barreiras ao longo da Praça da Independência ou Maidan, impedindo os presentes de erguerem uma tenda laranja. O pretexto é a visita da presidente lituana e as medidas de segurança necessárias.

Mas a oposição política, através da voz do deputado Andriy Parubiy, não acredita em coincidências e garante que o presidente Viktor Ianukovich ganhou “medo”, em 2004, dos efeitos da revolução. Parubiy acredita que “essa fobia vai ser a ruína” de Ianukovich.

Recorde-se que foi ele o vencedor das eleições canceladas há sete anos, perante a revolta popular. Um novo escrutínio deu a vitória a Viktor Iuschenko e Iulia Timoschenko, que acabariam por se desentender.

Nas ruas de Kiev, há quem acredite que “o espírito da revolução ainda subsiste” e quem defenda que “as consequências podem não ter sido as melhores, mas que houve uma mudança positiva na sociedade” ucraniana.

O jornalista da euronews, Sergio Cantone, relata que “as pessoas que se juntaram na Praça Maidan viram-se bloqueadas pela polícia. Enquanto Iulia Timoschenko estiver na prisão, a tensão continua a aumentar neste país.”

artigos relacionados- “Revolução Laranja na Ucrânia está por terminar..sete anos depois“http://pt.euronews.net/2011/11/22/revolucao-laranja-na-ucrania-esta-por-terminarsete-anos-depois/