Última hora

Última hora

Procurador do TPI na Líbia

Em leitura:

Procurador do TPI na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

O procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia, Luis Moreno-Ocampo, está em Trípoli para acompanhar as condições de prisão de Saif al-Islam Kadhafi, filho do antigo ditador da Líbia, e também para confirmar a prisão do antigo chefe dos serviços secretos Abdallah al-Senoussi.
 
Ambos eram alvo de um mandado de captura do TPI. Falou-se de uma possível extradição para Haia, mas as novas autoridades líbias insistem em que sejam julgados em território líbio. Segundo as regras do TPI, o julgamento na sede do tribunal só se deve fazer quando as autoridades locais não podem ou não querem fazer o julgamento.
 
Osama al-Juwali, comandante das forças que capturaram e mataram Muammar Kadhafi, foi nomeado ministro da defesa e encontrou-se com Moreno-Ocampo e com a procuradora-adjunta Fatou Bensouda. As autoridades da Líbia garantem que Saif al-Islam e Senoussi vão ter um julgamento justo e respeitador do direito internacional.