Última hora

Última hora

Ancara pede desculpa por operação militar dos anos 30

Em leitura:

Ancara pede desculpa por operação militar dos anos 30

Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro pedido oficial de desculpas da Turquia pela morte de cerca de 14 mil pessoas nos anos 30.

Esta quarta-feira, o primeiro-ministro retratou-se perante os membros do Partido da Justiça e do Desenvolvimento, em Ancara, pela operação militar realizada contra a rebelião curda, no leste do país.

A operação militar ocorreu entre 1936 e 1939. No poder estava o Partido Republicano do Povo, criado pelo fundador da República turca.

Para esmagar a rebelião curda, as autoridades turcas bombardearam a cidade de Dersim, hoje conhecida como Tunceli.

Seguiram-se expropriações e execuções sumárias.

De acordo com Recep Tayyip Erdogan cerca de 14 mil pessoas morreram e 11 mil foram obrigadas a fugir.

O chefe de governo turco desafiou, ainda, o principal partido da oposição parlamentar, o Partido Republicano do Povo a assumir as responsabilidades.