Última hora

Última hora

Alemanha, França e Itália querem travar contágio na zona euro

Em leitura:

Alemanha, França e Itália querem travar contágio na zona euro

Tamanho do texto Aa Aa

As maiores economias da zona euro prometem propostas concretas dentro de semanas para melhorar o funcionamento da economia europeia.

Nicolas Sarkozy e Angela Merkel reúniram-se esta tarde em Estrasburgo para debater com a Itália uma forma travar o contágio da crise da dívida dos países periféricos aos restantes estados.

“A França, a Alemanha vão apresentar nos próximos dias propostas comuns de modificação dos tratados para melhorar o funcionamento da zona euro e para promover uma melhor integração e convergência de políticas económicas”.

O recém eleito primeiro-ministro italiano, Mário

Monti, tenta convencer Merkel e Sarkozy de que a Itália é capaz de superar a crise e sobreviver ao endividamento de 1,9 mil milhões de euros.

“Eu desejo muito sucesso ao novo primeiro-ministro para o duro trabalho que tem de desenvolver, ele pode contar com todo o nosso apoio” disse Angela Merkel em Estrasburgo.

Até agora, o endividamento da Itália parece ser uma grande ameaça à zona euro devido ao tamanho da dívida. Em outubro foi com muita ironia que o presidente francês respondeu à pergunta de um jornalista sobre se a Itália seria cazpaz de sair da crise só com reformas.