Última hora

Última hora

Egito: Novo dia de confrontos por todo país

Em leitura:

Egito: Novo dia de confrontos por todo país

Tamanho do texto Aa Aa

Sexto dia consecutivo de violência no Egito. As ruas circundantes à praça Tahrir continuam a ser palco de confrontos entre manifestantes e polícia. Enquanto isso, milhares de egípcios permanecem na praça que simboliza a queda de Mubarak. Na noite de quarta-feira surgiram notícias de que o ministro do Interior sugeriu ao Conselho Militar o adiamento da primeira fase das eleições agendada para segunda-feira. Não há confirmação oficial desta proposta.

As manifestações continuam igualmente longe do Cairo. Em Ismailia, cidade contígua ao Canal do Suez, os manifestantes e as autoridades trocaram “cocktails molotov” e gás lacrimogéneo sob o olhar dos tanques do exército. Em Assuão, Suez, Port Said e Alexandria também se registaram confrontos.

A alta-comissária da ONU para os Direitos do Homem, Navi Pillay, pediu entretanto um inquérito urgente e imparcial. O número de mortos desde sábado estará próximo das quatro dezenas e os feridos já se contam aos milhares.