Última hora

Em leitura:

Estudantes chilenos de novo em protesto

mundo

Estudantes chilenos de novo em protesto

Publicidade

No Chile, os estudantes voltam às ruas de Santiago, num protesto que terminou em confrontos com a polícia. Cerca de 60 jovens foram detidos.

Desta vez, os estudantes vieram de vários países do continente americano: Chile Colômbia, Peru e Argentina, para se juntarem a um movimento que já dura há vários meses.

Os jovens reclamam que o orçamento destinado à educação se aproxime das normas dos países desenvolvidos e, sobretudo, dos mínimos definidos pela Unesco. Querem sobretudo um forte reinvestimento no ensino público e uma reforma que elimine as disparidades entre o público e o privado.

No parlamento, os deputados tentam há várias semanas negociar, mas a direita que domina a assembleia parlamentar e a esquerda que domina o senado tardam em chegar a um acordo.

A mobilização dos estudantes chilenos começou em maio, com manifestações nas ruas de várias cidades do Chile.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte