Última hora

Última hora

Mantém-se os protestos no centro do Cairo

Em leitura:

Mantém-se os protestos no centro do Cairo

Tamanho do texto Aa Aa

No Egito, o novo primeiro-ministro interino, garante que tem mais poder que o anterior governo.

Diante de uma dezena de jornalistas Kamal al- Ganzouri, declarou que confirma e aceita a tarefa que lhe foi delegada pelo Conselho Militar para formar um governo de salvação nacional que terá “mais poder que o executivo anterior”.

Kamal al Ganzouri, é um economista experiente, foi chefe de governo entre 1996 e 1999 sob o regime de Hosni Mubarak, tendo neste primeiro discurso feito uma breve alusão à sua competência e às provas dada no passado.

Ganzouri, de 78 anos, substitui Essam Charaf que se demitiu na sequência da segunda revolta que abala o país.

O Egito deverá realizar as suas primeiras eleições legislativa, após a queda do regime, na próxima segunda-feira dia 28..

Kamal al Ganzouri esteve ausente dos meios de comunicação nacionais durante onze anos e regressou aquando da revolução devidamente demarcado do regime, na altura recebeu algum apoio popular na rede social Facebook como possível candidato à presidência da república.

Entre as figuras que eventualmente poderão fazer parte do futuro executivo podem estar Mohamed El-Baradei.