Última hora

Última hora

NATO reconhece a morte de soldados paquistaneses

Em leitura:

NATO reconhece a morte de soldados paquistaneses

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO já reconheceu que matou, por erro, quase trinta soldados paquistaneses, num ataque aéreo, este sábado, no noroeste do Paquistão.

Os helicópteros das forças internacionais estacionadas no Afeganistão fizeram uma incursão em território paquistanês, na região tribal de Mohmand. O incidente vem agravar ainda mais a tensão entre Islamabad e Washington.

Um porta-voz da ISAF afirmou que o comando da Força Internacional de Assistência e Segurança garantiu que o assunto está a ser tratado com toda a atenção e que será feita uma investigação para determinar os factos”.

A reação do governo paquistanês não se fez esperar. O primeiro-ministro enviou uma mensagem de protesto para a NATO e para os Estados Unidos e afirmou que “a nação está unida na defesa do país e que não permitirá que ninguém ataque o Paquistão”.

Em resposta, Islamabad bloqueou todas as vias de abastecimento das forças internacionais no Afeganistão. Pelo território paquistanês passa uma grande parte do material logístico destinado às operações das tropas da Aliança Atlântica.

Este é o episódio mais grave na fronteira entre os dois países desde o início da guerra do Afeganistão.