Última hora

Última hora

Nova Zelândia: Centro-direita perde maioria absoluta

Em leitura:

Nova Zelândia: Centro-direita perde maioria absoluta

Tamanho do texto Aa Aa

Na Nova Zelândia, o primeiro-ministro de centro-direita, John Key, venceu as eleições legislativas, mas, contrariamente às previsões, perdeu a maioria absoluta.
 
O partido de Key conseguiu 60 dos 122 lugares do parlamento, o que lhe permite, apesar de tudo, formar um governo maioritário com o apoio dos pequenos partidos. 
 
Key incarna a estabilidade e comprometeu-se perante o eleitorado a prosseguir com a mesma linha política dos últimos três anos, tendo como meta a redução da dívida e da despesa pública para alcançar um excedente orçamental em 2014.
 
À esquerda, os trabalhistas de Phil Goff,  ficaram-se pelos 34 deputados e os Verdes alcançaram 13 lugares.
 
Os analistas acreditam que a confiança dos eleitores no primeiro-ministro vem da forma como lidou com as últimas catástrofes que afetaram o país: os sismos de Christchurch, este ano, e o acidente na mina de Pike River, em Novembro do ano passado.
 
Mas, há quem pense que o facto de os All Blacks - a equipa nacional - terem vencido o campeonato do mundo de rugby também jogou a seu favor nas urnas.